Deixar o carro com a sua cara é o sonho de muitos motoristas. Para isso, eles fazem algumas alterações no veículo, como a sua cor, luzes, adesivos, entre outros. E um dos equipamentos que mais chamam atenção dos amantes de veículos no que diz respeito à personalização é a roda. Se você é um desses e quer deixar o seu carro ainda mais bonito, seja para uma viagem ou para ostentar na balada, confira como trocar as rodas do seu veículo e não corra o risco de errar! Conheça a Legislação Segundo a Legislação brasileira, não é permitido que as rodas sejam maiores que o tamanho dos para-lamas do carro, ou seja, a roda não pode ficar para fora da lataria do carro. Em caso de descumprimento da Lei, a multa é grave, com perda de cinco pontos na carteira e penalização de R$127,69. Ou seja, antes de escolher a roda, veja se o tamanho dela é adequado para o seu veículo, ok? Entenda as medidas dos pneus Imaginem que em um pneu está escrito 165/70 R13. O número 165 mostra a largura da banda de rodagem em milímetros. Já o 70 diz qual a altura do perfil (em porcentagem – 70% de largura), o R diz que é radial e o 13 é o diâmetro da roda que este pneu está apto a receber. Não exceder esses números é a melhor maneira de manter a segurança e estabilidade de seu veículo. Fique de olho na segurança Imagine só que o seu carro tenha uma roda aro 13 de aço e você quer uma maior e de liga leve, mais esportiva. Fique atento! Não é simplesmente trocar as rodas e sair por aí. O novo parafuso, por exemplo, tem que ser maior, para dar mais segurança e estabilidade ao veículo. Não se deixe enganar. Um parafuso de aço, pequeno, para roda pequena, não é o suficiente para uma roda maior e de liga leve. Além disso, preste atenção ao furo central, que deve sempre coincidir com o furo da roda oposta, para não haver trepidações indesejadas. Pesquise as rodas Rodas de aço e ferro A maioria dos carros – não todos, obviamente – vem de fábrica com rodas de aço ou ferro, em que você pode personalizar com os mais variados tipos de calotas existentes. Essa rodas são mais resistentes e duráveis. Mas fique atento! Se for trocar as rodas em si e não somente a calota, observe o novo peso do equipamento, pois elas podem pressionar a suspensão e comprometer a frenagem do seu veículo. Rodas de liga leve As rodas de liga leve são as mais buscadas por aqueles que querem dar aquela turbinada extra no seu veículo. Isso porque elas são mais bonitas e anti oxidáveis, o que diminui consideravelmente as chances de corrosão no equipamento. Se escolher uma roda de liga leve, fique de olho na segurança: veículos com este tipo de roda são mais visados por ladrões. Se possível, faça um seguro veicular. É sempre bom lembrar: seu veículo, antes de começar a ser comercializado, passa por inúmeros estudos para que você tenha a melhor experiência ao volante. Mexer na estrutura do carro a torto e a direito pode fazer com que você perca a segurança e estabilidade de quando eles saíram da fábrica, ok? Gostou das nossas dicas sobre como trocar as rodas do seu carro e deixá-lo ainda mais bonito? Então não deixe de ler o artigo que fala da relação entre a qualidade dos pneus com o consumo de combustível.